Projeto Salta-Z leva água potável para populações afastadas

A Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água, conhecida como Salta-Z, é um projeto da a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) que transforma água suja em potável para o consumo humano das populações mais carentes, ribeirinhas e quilombolas.

O equipamento é um tipo de filtro com tecnologia totalmente brasileira que está sendo considerada uma solução inovadora, além de ser simples consegue atender até 600 pessoas por dia e o custo médio de R$ 15 mil.

A deputada federal Soraya Santos é uma apoiadora desse projeto, e segundo ela é preciso uma atenção redobrada nessa área.

“A falta de água limpa é um problema muito sério que precisamos resolver, sem falar nas doenças que provocam, o tempo que levamos para buscar essa água que poderíamos estar fazendo outra coisa no trabalho ou no nosso lar. Não é aceitável que o Brasil ainda sofra com esse tipo de situação. ”

A Funasa já instalou no ano de 2017 mais de 500 unidades de Salta Z em todo o Brasil e o projeto para esse ano é a instalação de mais 1.000 unidades. Segundo o presiden

36253794500 68ac1621a0 o 300x200 - Projeto Salta-Z leva água potável para populações afastadas

te da Fundação, Rodrigo Sérgio Dias, ter o apoio da deputada Soraya é um prestígio.

“É muito bom ter a deputada Soraya como parceira nesse projeto que atende as populações que vivem afastadas. A Funasa vem desenvolvendo esse projeto há um ano e meio e vamos continuar atendendo todo o Brasil.”

Salta-Z

O sistema Salta-Z foi desenvolvido por servidores da Funasa e também segue o princípio de sustentabilidade, utilizando materiais ecologicamente corretos e custam cerca de 25% menos que os modelos tradicionais.

Todo o material utilizado na instalação pode ser adquirido no próprio comércio local, daí a praticidade da tecnologia pioneira.

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
Fechar Menu